João Cândido teria inspirado a Revolta das Chibatas na do Couraçado Potemkin?

Colaboradores do Rebate *Almir da Silva Lima

Dia 24 de junho próximo é a data de nascimento de um dos heróis negros da História do Brasil, João Cândido (1880-1969) o marinheiro elevado pelos movimentos negros à patente de almirante, em função de ter liderado entre 22 e 26/11/1910, um motim contra castigos físicos sofridos pelos marinheiros a bordo do navio Minas Gerais. Tendo morrido sem ter sido anistiado pela Marinha, pelo Congresso Nacional e ou pelo governo federal, João Cândido o Almirante Negro ficou eternizado na discografia da Música Popular Brasileira pela voz da cantora Elis Regina (1945-1982) através da obra musical de autoria dos compositores João Bosco e Aldir Blanc, o samba: “O mestre sala dos mares” que foi o nome alternativo dado pelos autores para driblar a censura da ditadura militar (1964-185).
Recentemente na 2ª divisão/Série A do Carnaval Carioca 2017, a escola de samba Renascer de Jacarepaguá através do enredo “O papel e o mar” dos carnavalescos Raphael Torres e Alexandre Rangel prestou homenagens a João Cândido o Almirante Negro e à escritora negra e ex-catadora de lixo, Carolina de Jesus (1914-1977). Dado à proximidade histórica, junho de 1905 em plena Revolução Russa daquele ano e devido também ter-se tratado de um motim de marinheiros a bordo do navio de guerra da frota russa Couraçado Potemkin pode ter servido de inspiração à Revolta das Chibatas liderada por João Cândido.

____________
*jornalista - é militante do Movimento Negro Socialista (MNS) e da seção brasileira da Corrente Marxista Internacional (CMI) a Esquerda Marxista (EM) corrente interna do PSOL.