Liga Macaense/Saldanha DA Gama derrota campeão brasileiro

Cristina Passos

reprodução

Ricardo Giannecchini é um dos grandes armadores do Brasil
Vitória sobre o Vasco determina o segundo lugar no Turno de Classificação

 

Na véspera DA abertura do Estadual 2007, o Vasco DA Gama, presidido pelo nefasto Eurico Miranda, rompeu seu contrato de parceria com a jovem equipe do Saldanha DA Gama (ES), alegando, publicamente, que a equipe capixaba era muito fraca para utilizar a camisa vascaína.

O diretor jurídico vascaíno, Paulo Reis, um dos líderes DA seita Eurico Miranda, declarou ao diário Lance! Que para fazer parceria com o Saldanha DA Gama era melhor jogar com a equipe juvenil do próprio Vasco DA Gama.

O Vasco utilizou suas relações com o senador Wellington Salgado (o mesmo que foi execrado pela opinião pública por defender, com veemência, o senador Renan Calheiros), dono DA Universo, para firmar uma parceria ilegal (não foi referendada pelo conselho arbitral DA competição) com a equipe DA BRB Brasília, atual campeã brasileira, e que possui no seu plantel atletas de renome internacional do naipe de Valtinho, Ratto, Estevão, Luis Fernando, Márcio Cipriano, Blackwell, Alex, entre outros.

A Liga Macaense, que havia estreiado no Estadual com uma derrota para o Fluminense, nas Laranjeiras, decidiu convidar a equipe capixaba para atuar em parceria com o seu plantel, formando uma equipe jovem e talentosa, comandada pelo excelente técnico Ênio Vecchi e supervisionada por Guilherme Kroll.

Ontem (29/10), no ginásio do Caio Martins, em Niterói (mando do Vasco), a jovem equipe DA Liga Macaense/Saldanha DA Gama teve uma atuação memorável e derrotou a nau vascaína por 76 x 65.

Com esse resultado, a equipe macaense fechou o turno de classificação na segunda colocação (o Vasco necessita derrotar o Flamengo, melhor equipe do Brasil, para ultrapassar a Liga Macaense/Saldanha DA Gama e o Fluminense/Minas Tênis).

Marcelão, com 15 rebotes e 4 pontos, dominou o garrafão defensivo e anulou OS principais pivôs DA equipe do Brasília.

Ricardo Giannecchini, com 23 pontos, 7 recuperações e 4 assistências, teve uma atuação espetacular e conduziu a Liga Macaense/Saldanha DA Gama à vitória.

Daniel Kaçamba, com 17 pontos, 6 assistências e 6 rebotes, foi outro ponto de desequilíbrio a favor DA equipe macaense.

Leandro (11 pontos e um arremesso certo quase do meio DA quadra ao término do terceiro quarto); Daniel Soares (8 pontos e as principais cestas decisivas DA partida); Lucas Costa (6 pontos); Edwanderson (5 pontos e 1 enterrada); Casé (2 pontos e 1 enterrada), foram OS outros destaques macaenses.

"Não tenho palavras para expressar o que senti depois DA vitória sobre o Vasco/Brasília. Reconheço que o Flamengo fez um Grande investimento e merece ser a equipe melhor colocada no Estadual 2007. Mas tenho consciência que Macaé tem o segundo melhor investimento do basquete adulto do Rio de Janeiro. Fizemos uma Grande parceria. O plantel capixaba está morando e treinando em Macaé. O Ênio está acrescentando muita coisa na cultura esportiva do nosso município. Os atletas são excelentes e estão encantando nossos atletas DA base e alunos das escolinhas. Temos méritos para colhermos excelentes resultados", afirmou Guilherme Kroll, supervisor DA Liga Macaense.

"Os dirigentes do Saldanha DA Gama têm muita história no basquete brasileiro. O clube capixaba sempre gerou grandes craques para as seleções brasileiras. Dedico essa vitória ao Alarico Duarte, manager do Saldanha, que jamais poderá ser desrespeitado por nenhum personagem nefasto do nosso esporte. Macaé tem muito orgulho em conseguir tê-lo como parceiro", finalizou.